Modelagem financeira e Inteligência de Negócio: descubra se a sua empresa precisa

 

Para pensar em Modelagem Financeira e Inteligência de Negócio, uma pergunta deve ser feita: qual o futuro esperado da sua empresa? 

Entender onde você pretende chegar é primordial para qualquer empreendimento e a Modelagem Financeira é uma ferramenta essencial para realizar a projeção do seu negócio e auxiliar nas tomadas de decisões.

 

O que é a Modelagem Financeira e Valuation

A Modelagem Financeira consiste em um instrumento utilizado para auxiliar na tomada de decisão para novos negócios ou investimentos. É uma ferramenta que traduz, em números, a realidade de um negócio. Ela embasa diversas medidas que uma empresa implanta para provisionar e acompanhar seu desempenho financeiro.

A modelagem pode ter inúmeras saídas, dentre elas valuation, em tradução direta, quer dizer avaliação da empresa, ou seja, ele estipula, por exemplo, com base na expectativa de fluxo de caixa futuro, qual será o valor da instituição. 

Quer conversar com um de nossos profissionais e entender o que esse serviço pode funcionar para o seu caso especificamente? Clique aqui para conversar com um profissional.

 

O que é inteligência de negócio?

O Business Intelligence ou Inteligência de Negócio é responsável por coletar, reunir e disponibilizar informações sobre o negócio, mercado ou setor em todos os seus aspectos. Isso quer dizer que não é necessariamente uma perspectiva exclusivamente, financeira, mas um plano que olha para outras áreas do negócio que interceptam o financeiro. Por isso ela é tão importante e atua como um grande suporte para a gestão empresarial. 

Se você nunca ouviu falar sobre o business intelligence não sabe por onde começar, fale com a nossa equipe e descubra as possibilidades.

 

Onde a modelagem financeira pode ser usada?

Verdadeira aliada para os gestores financeiros, assim como para os investidores, a Modelagem Financeira pode ser usada para avaliações de potenciais empreendimentos internos ou de expansão, reestruturação financeira, avaliação de uma empresa, apoiar empresas que irão concorrer a licitação público-privadas, fusões e aquisições, reorganização societária e até mesmo servir de insumos para embasar as tomadas de decisões. 

 

Quais os modelos de gestão financeira

Toda empresa, independente do seu tamanho, precisa de uma gestão financeira eficiente. Ela envolve o planejamento, a análise e o controle das finanças. Separamos aqui alguns modelos de gestão financeira que podem ser adotados em sua instituição, visando aprimorar sua gestão:

  • Fluxo de caixa
  • Controle de estoque
  • Gestão de contas a pagar e receber 
  • Controle do capital de giro
  • Balanço patrimonial 
  • Gestão de notas fiscais

Sua empresa trabalha bem todos esses modelos? Para ter sucesso é imprescindível gerir todas essas frentes com o olhar voltado à otimização da gestão financeira. Se você trabalha algum desses pontos, mas não sabe como desenvolvê-lo ou integrá-lo a outros, vale contar com a ajuda de um especialista capaz de te ajudar a planejar tudo isso. 

 

Como montar uma modelagem financeira?

Identifique os objetivos empresariais e estabeleça metas. Para iniciar qualquer modelo financeiro é imprescindível que se tenha um norte das premissas básicas ligadas àquele negócio. A partir daí começa um trabalho conjunto entre a equipe que elaborará o projeto e o cliente, para que, partindo de uma metodologia própria, todos os aspectos e perspectivas relacionadas ao negócio sejam consideradas. É interessante também que o profissional que realizará esse trabalho tenha conhecimento amplo do mercado de ações, afinal, um dos objetivos da modelagem financeira é a possibilidade de conquistar investidores para o negócio. . Dica de ouro: garanta que seu resultado final te permita testar diferentes cenários, para descobrir os melhores caminhos e obter os resultados esperados.

E, claro, não perca o monitoramento de vista. Lembre-se de analisar os resultados reais ao longo dos meses e fazer as alterações necessárias dependendo do resultado. Caso não seja feito, a modelagem perderá seu objetivo e não será possível ter a visão futura do negócio. Caso precise de ajuda para dar continuidade ao projeto conte conosco. 

 

Quais as principais ferramentas para fazer modelagem financeira

No mercado existem diversas ferramentas para a realização da Modelagem Financeira, mas a principal é a mais usada é o Microsoft Excel. Ele permite construir diferentes modelos, extremamente personalizável, possibilitando o uso do formato que melhor traduz o seu negócio, personalizada e trazendo diferentes cenários.

É um profissional do mercado financeiro e deseja melhorar suas habilidades e aprender a construir um modelo financeiro do zero? Nós oferecemos um Treinamento de Modelagem Financeira, na prática para aqueles profissionais que desejam se destacar no mercado. Ensinando nossa metodologia aplicada já a centenas de projetos entregues, ao final do curso você será capaz de construir modelos financeiros do zero!

 

Veja exemplos de modelagem financeira

A Crescento, há 6 anos, apoia empresas dos mais variados setores na construção de modelos financeiros com objetivos diversos como apoio em licitações, reorganização societária, avaliação de negócios, captação de investimentos, e muito mais. Acesse um dos nossos cases de sucesso.

 

Case Saber em Rede

 

Conheça os principais serviços envolvidos na inteligência de negócios

Vivemos na sociedade da informação. Dados, informações e análises são fundamentais para a Inteligência de Negócio. Além de reunir dados na elaboração deste serviço, você garante: 

Planos de negócios 

Market research 

Data analysis

Pricing of products and services 

Sheets and dashboards (vba, macros and power bi)

 

Tudo o que você precisa de saber sobre o CFO as a service

 

Não importa o tamanho da empresa, o CFO é um cargo muito importante para o desenvolvimento financeiro do negócio. 

O CFO é responsável pela direção financeira da empresa, ou seja, ele irá cuidar de todas as finanças e tomar as decisões financeiras do negócio. Porém, hoje conseguimos encontrar empresas que oferecem esse cargo como um serviço, chamado de CFO as a Service. Quer entender mais sobre o cargo e as possibilidades desse serviço? Continue lendo que iremos contar tudo que você precisa saber sobre esse serviço.

 

O que o CFO as a service

Assim como o profissional que ocupa esse cargo, o serviço é responsável pela avaliação e análise dos indicadores financeiros. Essa ação será a base para a tomada de ações, para propor estratégias e medidas alcançando melhores resultados. 

Ou seja, a partir dos relatórios financeiros, o profissional que executa o serviço traduz as informações e cria planos de ações estratégicas visando a melhoria e agregando valor à instituição. Em algumas empresas que oferecem esse serviço, o contratante também contará com reuniões periódicas com a diretoria da empresa, para que todos os planos sejam discutidos e aprimorados. 

Mas qual a diferença entre possuir um profissional dentro de sua equipe e contratar esse serviço? Bom, o CFO as a Service irá aprimorar a gestão financeira que já existe na sua empresa, pois traz a expertise do diretor financeiro externo. E detalhe: faz isso sem o custo da contratação do profissional exclusivo para a área, que pode ser bem custosa, e dentro de alguns cenários nem tão necessária, considerando uma jornada de trabalho completa de 44 horas semanais.

 

Como saber se minha empresa precisa deste serviço

Por esse cargo ser responsável por grande parte das demandas financeiras estratégicas, é imprescindível ser ocupado por alguém com alto nível de experiência na área. Ou seja, isso pode demandar um valor alto de salário, maior que a contratação de um especialista externo. Se você busca por otimizações, o CFO as a Service vai te proporcionar: 

  • Redução e flexibilidade dos custos
  • Boa gestão de riscos financeiros
  • Mapping of improvement points
  • Direcionamento para tomada de decisão e/ou tomada de decisão embasada
  • Elaboration of strategic plans
  • Experiência em captação de recursos

Após ver todas as vantagens, considera que a sua empresa precisa deste serviço? Clique aqui e converse agora com um de nossos consultores.

 

Qual o valor de um serviço de CFO as a service

Assim como a maioria dos serviços relacionados às finanças, o CFO as a Service, é personalizado. Ou seja, seu valor vai depender das demandas do negócio e seu porte. Faça uma avaliação agora.

 

Consultores para CFO as a service

Hoje, existem no mercado algumas consultorias financeiras que oferecem esse serviço dentro do BPO Financeiro, nós da Crescento somos uma delas. 

Nossa equipe é composta por diversos profissionais especialistas em finanças e assim entregamos um serviço completo de consultoria financeira empresarial, auxiliando nossos clientes a atingirem o objetivo esperado e muito além dele. Conheça nossa equipe.

Na hora de contratar, fique ligado e tenha a certeza de que está entregando a saúde financeira do seu negócio na mão de um especialista com know how e com uma proposta de trabalho alinhada ao que você acredita. 

 

Planejamento e Análise Financeira: conheça mais sobre o FP&A

 

Assim como em nossa vida, o planejamento financeiro empresarial é indispensável. Afinal, garanto que você não quer perder dinheiro e deixar de ver seu negócio crescer. Por isso é importante falarmos de FP&A – Planejamento e Análise Financeira. 

A rotina de planejar e, é claro, analisar, é importante para qualquer aspecto da sua vida. Só assim você tem clareza de onde está e onde quer chegar, encontrar o caminho ideal e corrigir o percurso, caso seja necessário, antes que um problema apareça. Parece até magia, não é? 

Continue lendo, para saber tudo sobre Planejamento e Análise Financeira Empresarial.

 

O que o é FP&A

A sigla, em inglês, Financial Planning and Analysis significa Planejamento e Análise Financeira. Este serviço tem como principal objetivo aprimorar a gestão do seu negócio, a partir de análises criteriosas da situação financeira e criação de um planejamento com previsão de despesas e receitas, além de um orçamento detalhado, oferecendo a você informações reais do mesmo. Quer saber como? 

 

O que faz a área de FP&A

Analistas altamente capacitados e com experiência na área empresarial fazem um estudo completo, analisando a situação interna da empresa e também o mercado. Esse é o primeiro passo para projetar objetivos alcançáveis dentro da realidade do seu negócio e do mercado. 

Além de elaborar o orçamento, o profissional deve acompanhar todo o desenvolvimento financeiro, o que foi pago, qual foi o lucro, o custo operacional, dentre outros. Tudo isso deve ser comparado com o que foi planejado e analisando os resultados realizados e esperados. 

Periodicamente são feitos relatórios gerenciais que são apresentados para toda a equipe gerencial e diretiva. Algumas empresas que fazem o serviço de FP&A, como a Crescento, por exemplo, oferecem ao cliente dashboards Inteligentes, entregando assim, por meio de gráficos interativos e extremamente visuais, respostas rápidas sobre a saúde financeira da empresa.

Quer conhecer profundamente esse serviço? Converse com um de nossos analistas.

 

Qual a importância do Planejamento e Análise Financeira para Empresas

Já imaginou gerenciar o seu negócio sem imprevistos financeiros?! E o melhor, garantir o tão sonhado fluxo de caixa positivo e capital de giro intacto para acabar com as dores de cabeça?! Tudo isso é possível com a ajuda do FP&A!

O Planejamento e Análise Financeira identifica as fragilidades do negócio e auxilia na prevenção de problemas ao longo da trajetória da empresa. Com esse serviço, a chance de você ter um susto financeiro é menor, uma vez que o objetivo é sempre antever os próximos passos, e as tratativas de redesenhar os planos, no caso de alguma interferência, são mais fáceis de serem executadas.  

 

Qual a diferença entre controladoria e FP&A

Responsável pela análise de dados financeiros para a criação de um planejamento, a FP&A depende da precisão e veracidade das informações financeiras geradas pela tesouraria. 

Ou seja, o serviço de tesouraria gera precisão e integridade das informações financeiras da empresa. Já o Planejamento e Análise Financeira, analisa esses dados e a partir deles cria estratégias, métodos e planos de ações que auxiliarão a alcançar as metas previamente estabelecidas.

 

Como saber se a minha empresa precisa do serviço de Análise e Planejamento Financeiro

Você sabe quais os próximos passos da sua empresa e o que ela precisa fazer para chegar lá? Consegue bater metas de lucro? Consegue ter previsibilidade de caixa? Seu negócio está preparado para as oscilações do mercado? Tem relatórios precisos mensais e trimestrais para avaliar a rota que tem seguido?

São inúmeros os cenários que o FP&A previne e evita dores de cabeça ao empreendedor. A questão não é o “se” você precisa do serviço. E sim, as melhorias na rotina que ele trará. 

Se você deseja evitar imprevistos, estabelecer metas, ter informações de fácil acesso para tomar as melhores decisões e muito mais, procure um profissional da área ou converse com um de nossos analistas. Entenda as mudanças que o seu negócio pode ter e onde ele pode chegar.

 

BPO Financeiro: o que é e quando contratar

 

O dia-a-dia de um empreendedor é repleto de desafios que, muitas vezes, fogem de suas habilidades e, diante disso, é preciso buscar ajuda externa. Por sorte, hoje, temos diversos produtos especializados que nos auxiliam a alavancar nossos negócios e, até mesmo, gerir nossas empresas. O BPO Financeiro é um desses serviços e neste conteúdo você irá entender tudo que precisa sobre ele.

 

O que é o BPO Financeiro

BPO, sigla de Business Process Outsourcing, é a terceirização de processos de negócio. Ou seja, BPO Financeiro é um serviço contratado que irá ajudar a gerenciar as contas e finanças da sua empresa, te entregando no final do dia e do mês uma confiança de que o financeiro da sua empresa está sendo operado por quem tem profundo entendimento do assunto e te trará informações e insights precisos sobre seu negócio.

Além disso, alguns serviços de BPO atuam de forma integrada com toda a gestão da empresa, visando gerar informações rápidas, aumentar a produtividade da equipe e a confiabilidade dos dados. Um exemplo, o comercial precisa constantemente reportar ao financeiro os contratos fechados, portanto a gestão de contratos de uma empresa é fundamental que seja compartilhada com o financeiro para que se tenha uma projeção de fluxo de caixa bem alinhada à realidade.


No caso do serviço de BPO, oferecido pela Crescento, este pode incluir a gestão da tesouraria, FP&A e o CFO as a Service.

 

Como saber se a minha empresa precisa deste serviço

É indicado para pequenas empresas e também para aquelas que querem garantir que sua equipe do financeiro esteja alinhada com o desenvolvimento e crescimento sustentável do seu negócio.

A terceirização é uma excelente opção se você deseja que a equipe tenha mais tempo para focar no estratégico, se seu custo operacional está elevado ou se as demandas são complexas além da capacidade do time. Vale se perguntar: a pessoa responsável pelo financeiro do meu negócio possui conhecimento extenso nessa área, conhece a fundo sobre gestão financeira, está disposta a enfrentar desafios, se dedicar a fim de oferecer transparência e melhores resultados?

Uma consultoria financeira especializada traz a experiência de diferentes negócios e está preparada para diferentes cenários. São profissionais focados na sua dor, que entendem profundamente do assunto, dominam as melhores práticas do mercado e querem solucionar o seu problema.

O BPO é um serviço capaz de te auxiliar a reduzir riscos e falhas em seus processos, e, consequentemente, reduzir custos financeiros. Esse é o desejo de qualquer empreendedor, concorda? Então nossa dica é, caso não tenha uma pessoa responsável por isso em sua empresa, vá em busca desse serviço. Caso tenha interesse em conversar com um de nossos especialistas, clique aqui. 

 

Quem faz o BPO Financeiro

O profissional responsável por esse serviço deve ser especializado em Gestão Financeira. Pode ser freelancer ou membro de uma empresa especializada em consultoria e assessoria financeira, como a Crescento. 

Na hora de contratar, tenha a certeza de estar depositando a saúde financeira do seu negócio nas mãos de alguém que realmente entende e tem experiência no assunto.

 

Quais os serviços integram um BPO Financeiro

Como a maioria dos serviços financeiros, o BPO também deve ser algo personalizado e idealizado para a rotina, segmento, objetivo e cenário da empresa. Porém, alguns serviços são essenciais para a realização eficiente dele: 

  • Tesouraria: aperfeiçoamento da gestão do fluxo de caixa através da classificação assertiva dos lançamentos de contas, definição de rotina, processos financeiros e monitoramento do caixa. 
  • FP&A: aprimoramento da gestão do negócio por meio do aumento de transparência, análise de dados e fornecimento de informações para uma melhor tomada de decisão.
  • CFO as a Service: aprimoramento da gestão do negócio por meio da expertise de um diretor financeiro, evitando a contratação de profissional exclusivo. O diretor financeiro utiliza os insights e as análises financeiras e aconselha os gestores sobre as melhores decisões a serem tomadas. 

 

Quanto custa o serviço de BPO Financeiro

Por ser um serviço personalizado, alguns fatores são levados em conta na hora de precificar, tais como o regime tributário da empresa, o volume de transações, o porte, quais atividades e/ou serviços serão realizados, entre outros. 

Quer fazer um orçamento com nossos profissionais? Clique aqui e agende sua avaliação.

 

Quais as vantagens de fazer o BPO

São inúmeras as vantagens de contratar um serviço de BPO Financeiro, vamos listar aqui as principais: 

  • Planejamento e fluxo de caixa
  • Controle de contas a pagar e receber
  • Informações de fácil acesso
  • Criação e/ou otimização de plano de contas
  • Estruturação de orçamento
  • Acompanhamento do orçado x realizado
  • Análises de novas linhas de receita
  • Criação de relatórios e análise
  • Mapping of improvement points 
  • Elaboration of strategic plans

Essas são apenas algumas das vantagens que o seu negócio pode ter. Quer conhecer mais? Clique aqui e conheça mais sobre o nosso serviço de BPO Financeiro. 

Consultoria Financeira Empresarial: tudo que você precisa saber para o seu negócio prosperar


A consultoria financeira empresarial também pode ser conhecida como um “Divisor de águas”. Afinal, ela separa as empresas com objetivos, metas traçadas e clareza do seu futuro, daquelas que vivem no escuro, sem saber se estão tendo lucro ou prejuízo, com objetivos turvos, distantes e sem perspectiva de como estarão no futuro.

Mas, antes de tudo, vou te fazer algumas perguntas e peço honestidade na hora de respondê-las. Você sabe me dizer quanto faturou nos últimos 3 meses? Como e onde é feito o seu fluxo de caixa? Sua empresa gasta mais do que ganha? Onde imagina sua empresa daqui a 5 anos? Qual é o cenário dela agora?

O financeiro é o coração de qualquer empresa. E entender o seu negócio, tendo respostas na ponta da língua e informações de fácil acesso, faz toda a diferença na hora de tomar uma decisão importante. Pensando nisso, neste conteúdo você irá entender tudo sobre a Consultoria Financeira Empresarial e como esse serviço pode potencializar a sua gestão financeira e mudar o futuro da sua empresa. 

 

O que é uma consultoria financeira e como ela impacta no seu negócio

Serviço terceirizado que tem como principal objetivo diagnosticar problemas financeiros, propondo soluções viáveis para a realidade da empresa a fim de alavancar de fato os negócios.

Através da Consultoria Financeira, os gestores e/ou sua equipe administrativa podem mudar sua forma de pensar sobre o negócio. Afinal, são capazes de tomar decisões mais certeiras para o futuro da corporação, tendo informações mais rápidas, dados mais assertivos, o que pode reduzir gastos, contribuir para uma maior previsibilidade do fluxo de caixa e muito mais. 

 

Qual o valor de uma consultoria financeira empresarial

Por ser um serviço personalizado e idealizado para cada realidade, o valor é relativo. Pode variar, por exemplo, conforme o tamanho da empresa e suas demandas. Porém, vale entender que existem duas diretrizes para esse trabalho: serviços pontuais – com início e fim definidos, e serviços contínuos – gestão financeira contínua. Para entender mais a respeito dos serviços acesse: (https://www.crescento.com.br/para-sua-empresa/

 

O que faz uma empresa de consultoria financeira

Uma empresa de consultoria financeira é responsável por apoiar a gestão financeira do seu negócio através da elaboração de projetos financeiros, incluindo análise de todos os dados do negócio, estudo de mercado e assessoria personalizada durante todo o período trabalhado. 

É considerado o verdadeiro braço-direito dos clientes, no que tange a administração financeira do negócio. Podem ser desenvolvidos por ela diversos tipos de serviços, alguns mais especializados que outros, dependendo da maturidade do negócio e do objetivo de cada gestor. Por exemplo: BPO Financeiro, Planejamento e Análise Financeira do negócio, Estudos de Mercado, Serviços de Assessoria Financeira como o apoio em Fusões e Aquisições, Reorganização Societária, Valuation, Reequilíbrio de Contrato, apoio em licitações público-privadas entre outras.

 

O que devo saber para contratar uma consultoria financeira para empresas

Escolher qual consultoria financeira é ideal para seu negócio é primordial. Mas como tomar essa decisão da melhor forma possível? 

Separamos aqui algumas dicas para ajudar você a se decidir com clareza e sem dor de cabeça:  

. Responsabilidade com processos e pessoas: priorize as empresas que tratarão o seu negócio como único, ou seja, que ofereçam serviços realmente personalizados, que mergulham na realidade do negócio para entender a dor e saber qual a melhor solução. Afinal, não existe fórmula mágica para lidar com finanças. E cada cenário e realidade precisa de uma forma de agir específica. 

. Nível de expertise na área: procure empresas que tenham variedade de clientes e contam com uma equipe especializada no assunto, Conheça nossa equipe e nossos clientes. 

. Entenda o papel da consultoria financeira: fazer uma pesquisa prévia e entender qual é o serviço que soluciona o seu problema, pode ajudar você a tomar a melhor decisão para seu negócio.

. Veja se a empresa tem especialistas no seu serviço: existem diversos serviços possíveis em uma consultoria financeira empresarial. Veja se a sua contratação conta com especialistas no serviço que você vai utilizar.

. Pesquise a metodologia e tire suas dúvidas: antes de fechar qualquer serviço, marque uma conversa com a empresa que escolheu, tire suas dúvidas e esclareça os próximos passos.

. Cuidado com o conflito de interesses: procure consultorias independentes. Há consultores que recebem comissão de determinadas fontes mediante indicação. Essa não é uma prática saudável. Procure consultores financeiros que tenham independência e possam te indicar as melhores opções reais para o seu negócio. 

Pronto, agora você já está preparado para encontrar a Consultoria Financeira ideal para sua empresa. Mas, para mais informações, você pode falar com a comunidade Crescento.

 

Quais as vantagens de uma consultoria financeira empresarial

Ter clareza nos assuntos relacionados ao dinheiro e ao futuro fazem a diferença em qualquer aspecto de nossa vida. Ainda mais quando falamos de um negócio, seja pequeno, médio e, até mesmo, de grande porte. Esse assunto permeia todos os aspectos, é o dinheiro que mantém a ideia de pé e os setores funcionando. 

Ainda não acredita em todas as vantagens desse serviço? Temos certeza que após esse tópico, você irá mudar de ideia. 

Informações rápidas, aumento de produtividade, clareza, previsibilidade de fluxo de caixa, segurança financeira e redução de gastos são apenas algumas das vantagens que o Serviço de Consultoria Financeira é capaz de oferecer a você e seu negócio. 

Além disso, auxilia você a criar um planejamento para estabelecer objetivos macros e pequenas metas para assim obter o desenvolvimento de sua empresa. Quer saber mais o que pode ser feito para sua realidade? Converse agora mesmo com um de nossos consultores.

 

Conheça os principais serviços que envolvem uma consultoria financeira

Como já citamos aqui, cada caso é um caso. Por este motivo temos diferentes serviços de consultoria financeira que atendem diferentes demandas, como:

Assessoria financeira projetos pontuais que dividimos em:

  • Assessoria: modelagem financeira, avaliação de negócios (valuation), fusões e aquisições, reorganização societária, apoio em licitações público/privadas, captação de investimento.
  • Inteligência do negócio: estudo de mercado, plano de negócios, análise de dados, precificação de produtos e serviços, planilhas e dashboards

BPO Financeiro:

 

BPO Financeiro

Serviço que irá auxiliar em todos os processos que gerem uma empresa, além de ajudar a gerenciar as contas do negócio, o BPO Financeiro é capaz de otimizar o controle das atividades de caixa, gerando previsibilidade e apoiando a sua equipe administrativa. Além disso,   geram gráficos e relatórios completos e didáticos sobre a situação financeira para que até pessoas que não dominam o assunto possam entender e tomar decisões estratégicas a partir deles. 

Empresas de BPO Financeiro são indicadas para pequenas empresas ou empresas que possuem uma equipe administrativa reduzida. Algumas consultorias financeiras empresariais oferecem também esse serviço.

Responsável por aperfeiçoar a gestão do fluxo de caixa de uma empresa, o serviço de Tesouraria  realiza pagamentos e cobranças, classifica os lançamentos de conta, define uma rotina assertiva, cria processos financeiros e monitora o caixa. Isso tudo para entregar controle, planejamento e também previsibilidade do fluxo de caixa da empresa. 

Terceirizar a tesouraria ainda elimina a necessidade da empresa passar por processos de contratação e capacitação cansativos. Dando a certeza de um trabalho eficiente e que entregará resultados significativos já nos primeiros meses, com dados precisos e corretos. 

Ficou curioso, né? Marque uma conversa com um de nossos especialistas e saiba tudo que esse serviço pode fazer para o dia a dia de sua empresa.

 

Planejamento e Análise financeira (FP&A)

Você confia 100% nos números do seu negócio? Toma suas decisões com base nesses dados? Esse é um ponto crítico para a vida de qualquer empresa. Afinal, se você confia nos dados e eles apresentam incompatibilidade, por mínima que seja, você está correndo um grande risco de tomar decisões equivocadas que podem acarretar sérios prejuízos financeiros ao negócio. 

Complexo, né? Mas essas são as principais funções do Planejamento e Análise Financeira. Serviço desenvolvido por analistas altamente capacitados e que garante confiabilidade nos números e tomadas de decisões mais rápidas e assertivas.

A FP&A aprimora a gestão do seu negócio, entregando transparência e fornecendo informações reais por meio da elaboração de orçamento, acompanhamento do desempenho, análise de resultados e dos objetivos esperados, emissão de relatório gerenciais, dashboards inteligentes e muito mais. 

E aí, você confia nos seus dados? Adicione transparência e agilidade na rotina do seu negócio. Converse com um de nossos analistas.

 

CFO as a Service

CFO é o nome dado ao cargo de Diretor Financeiro, além da expectativa salarial alta, o ocupante do cargo deve oferecer à empresa um alto conhecimento na área de finanças e relacionamento com agentes do mercado diversas skills e, com isso, sua empresa ganha segurança em diversos aspectos do dia a dia. Ele é o cara que irá tirar análise crítica sobre os dados e conduzirá as tomadas de decisão financeiras da empresa.

Algumas empresas de consultoria financeira, como nós da Crescento, oferecem o serviço de CFO as a Service, que aprimora a gestão do negócio, agregando a expertise de um diretor financeiro, evitando a contratação de profissional exclusivo, que sem dúvida seria muito mais custosa e, por vezes, desnecessária considerando o tamanho da demanda existente.

Visando traduzir os números gerados pelo Planejamento e Análise Financeira, criando planos de ação estratégicos, agregando valor ao negócio e participando de reunião com a diretoria para validar planos e alcançar os resultados esperados.

 

Assessoria Financeira: Modelagem, Inteligência do Negócio, estudo de mercado e plano de negócios

Outra modalidade de serviço de uma Consultoria Financeira, onde o serviço é pensado a partir da elaboração de projetos financeiros, análise de dados e estudo profundo de mercado. Considerando que realidade de cada negócio é única, sendo seu maior objetivo é contribuir para realizar as melhores tomadas de decisão.

Conseguiu identificar como anda a saúde do seu negócio? Não deixe em segundo plano a organização financeira, como falamos aqui. Isso pode ser um divisor de águas para sua empresa.

 

Sua empresa está no regime de tributação mais eficiente?

Regime de Tributação

 

A escolha do regime de tributação é uma decisão estratégica importante que todo gestor deve tomar ao iniciar sua empresa. A opção escolhida terá impacto direto na eficiência tributária da empresa e na disponibilidade de recursos financeiros para investimentos. O conhecimento sobre os regimes de tributação praticados no Brasil e suas taxas é fundamental para a construção da modelagem financeira, seja qual for o objetivo da empresa.

As Deduções sobre receita e os IRPJ/CSLL que incidem sobre as empresas devem ser conhecidos e gerenciados de forma adequada para que a empresa possa manter uma posição financeira saudável. A modelagem financeira necessita do conhecimento sobre os regimes de tributação praticados no Brasil e suas taxas. Legalmente, o imposto é encarado como um direito do governo. Desta forma este valor não pertence a empresa, ela apenas atua como intermediária (veículo de arrecadação).

 

Regimes de tributação

Segundo o Código Tributário Nacional

“imposto é o tributo cuja obrigação tem por fato gerador uma situação independente de qualquer atividade estatal específica, relativa ao contribuinte”

Os valores arrecadados têm como fundamento atender as despesas gerais do Estado em todas suas esferas (federal, estadual e municipal). Os impostos que incidem na atividade empresarial (pessoas jurídicas) formam duas categorias: as deduções sobre receita e o IRPJ/CSLL.

• Deduções sobre receita: Incidem diretamente sobre a receita bruta, eles são cobrados do contribuinte que tem a responsabilidade por cumprir essa obrigação. São gerados simultaneamente ao fato gerador de receita. São eles: ISS, IPI, ICMS, PIS e COFINS.

• IRPJ/CSLL: São contribuições obrigatórias da empresa junto ao governo que incidem no cálculo do lucro do exercício social. Assim, em alguns casos, podem não ter relação direta com a receita bruta. São eles: IRPJ, CSLL.

Regimes de tributação no Brasil

No Brasil, existem três regimes tributários diferentes que regem as alíquotas de contribuição para as empresas: Simples Nacional, Lucro Presumido and Lucro Real. A escolha do regime de tributação declarado pela empresa sempre será feita no início do ano, não podendo mudar ao longo do exercício social. Para os empresários, é preciso uma avaliação criteriosa dos benefícios de cada possibilidade, sempre visando reter a maior quantidade de caixa possível.

• O Simples Nacional

É voltado para microempresas e empresas de pequeno porte. A apuração do valor a ser pago segue o faturamento bruto da empresa nos últimos 12 meses que é pago em uma única guia – o DAS (documento de arrecadação do Simples Nacional). Este regime é limitado para empresas com faturamento anual máximo de 4,8 milhões de reais. Existem uma série de requisitos que a empresa deve cumprir para se enquadrar no Simples Nacional, confira a descrição completa dos itens no site da Receita Federal.

 

É um regime tributário com a finalidade de simplificar o pagamento de tributos. Suas alíquotas variam de 4% a 22,90%, divididas em cinco anexos que contemplam os mais variados ramos e atividades econômicas. Os anexos do simples nacional são subdivididos pela atividade da empresa, são elas: Anexo I – Comércio, Anexo II – Indústria e Anexo III, IV e V – Serviços.
O setor de serviços é distribuído em três anexos diferentes, neste caso a consulta sobre qual anexo a empresa se encaixa deve levar em conta seu CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas).

• O Lucro Presumido

Neste regime, a apuração o IRPJ e o CSLL é feita com base em uma presunção do lucro baseado na categoria na qual a empresa se encaixa. Os requisitos para optar por esta modalidade são:

i) limite de receita anual máxima de R$78 milhões

ii) não ser uma empresa de factoring

iii) não usufruir de benefícios fiscais.

 

É uma forma de tributação simplificada para estabelecer a base de cálculo do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) das empresas. O Lucro Presumido pode ser a escolha de empresas que faturam até R$78 milhões por ano, além de, também, ser indicado para aquelas com lucro elevado e que não apresentam a obrigatoriedade de se enquadrar no Lucro Real.

No Lucro Presumido, independente do resultado obtido no período de apuração, a tributação incidirá sobre a margem prefixada. Assim, é necessário ter muita atenção, pois, se a margem de lucro efetiva for abaixo da prefixada ou até mesmo negativa, os impostos serão mensurados sobre a margem presumida.

Diferente do Simples Nacional, os impostos e contribuições são pagos em guias individuais, resultando em uma contabilidade um pouco mais complexa. Os impostos sobre a receita bruta são apurados mensalmente, o IRPJ e o CSLL são determinados por períodos de apuração trimestrais, encerrados nos dias 31 de março, 30 de junho, 30 de setembro e 31 de dezembro de cada ano-calendário. Existe ainda uma apuração anual, na qual você paga um valor provisionado mensalmente e faz o fechamento anual, a partir da alíquota determinada.

• O Lucro Real

É o regime utilizado pelas empresas de grande porte e é baseado no lucro efetivo obtido no período de apuração. Se trata de um regime mais complexo, que exige uma contabilidade mais elaborada e tem alíquotas mais elevadas do que os outros regimes. Por outro lado, permite que determinadas empresas possam se beneficiar aproveitando crédito de PIS e COFINS.

 

A escolha do regime de tributação adequado pode ajudar a reduzir a carga tributária da empresa, tornando-a mais competitiva no mercado e proporcionando recursos financeiros para investimentos e crescimento. Por isso, é fundamental que o gestor avalie cuidadosamente cada regime e suas implicações antes de tomar a decisão final.

 

A Escolha do Regime de Tributação

A escolha do regime de tributação declarado pela empresa sempre será feita no início do ano, não podendo optar pela mudança ao longo do exercício social. Uma empresa só altera o seu regime tributário obrigatoriamente, por força maior no caso de  Para os empresários, é preciso uma avaliação criteriosa dos benefícios de cada possibilidade, sempre visando a maior economia tributária possível.

A modelagem financeira é uma ferramenta que permite simular fluxos futuros e definir de forma otimizada o regime de tributação mais coerente para cada ano de um projeto ou empresa. Este planejamento fiscal pode ser fundamental para que as projeções sejam positivas. 

É importante destacar que empresas enquadradas no anexo IV do Simples Nacional, no Lucro Presumido ou Lucro Real recolhem o INSS Patronal através da Guia de Previdência Social (GPS), podendo chegar ao total de 27,8% (21% patronal + 6,8% terceiros) sobre a folha de pagamento. Esse valor geralmente faz com que o Simples Nacional, na maioria das vezes, seja o regime mais vantajoso para empresas que não se enquadram no anexo IV. 

Um dos fatores que deve também ser avaliado ao escolher o regime de tributação é o gasto mensal com empresa de contabilidade. Uma empresa no Lucro Real requer muita rigidez com os registros financeiros, acarretando em um serviço mais oneroso quando comparado à empresas no Simples Nacional e no Lucro Presumido. Entretanto, empresas nos regimes Simples Nacional ou Lucro Presumido são taxadas mesmo que registrem prejuízo no período.

Já empresas no Lucro Real recebem um benefício fiscal caso registrem resultados negativos. Logo, para negócios de grande porte que possuem projeções de prejuízo no curto prazo é mais vantajoso optar pelo Lucro Real visando utilização de crédito fiscal em anos posteriores de lucro. Outro fator positivo para as empresas no Lucro Real é o desconto relativo à dívidas. Como o valor absoluto é calculado após o abatimento das despesas financeiras, ao contrair uma dívida a empresa reduz a base de cálculo para IRPJ e CSLL. Esse benefício tributário é levado em conta para analisar a possibilidade da empresa se financiar através de capital próprio ou de terceiros e é conhecida como tax shield. 

Já para grandes empresas (com faturamento anual abaixo de R$78 milhões) com melhores margens faz mais sentido optar pelo Lucro Presumido, já que a base presumida de lucro tende a ser menor que o lucro real apurado antes do IRPJ/CSLL.

(bônus) Benefícios para o setor de infraestrutura

As deficiências da infraestrutura representam um dos grandes gargalos ao crescimento econômico do país. Reconhecendo a importância do tema, o Poder Público vem instituindo benefícios fiscais às empresas que invistam no incremento dos setores energético, de transportes de passageiros e de cargas, de saneamento básico, de irrigação e, atualmente, do segmento esportivo, turístico e de serviços.

Dos incentivos fiscais federais existentes, podemos citar:

  • REIDI
  • REPENEC
  • SUDENE

De modo geral, os incentivos buscam reduzir ou zerar os impostos federais. Os incentivos podem ser aplicados através dos impostos sobre a receita oriunda da venda de equipamentos e serviços destinados a pessoas jurídicas habilitadas ao incentivo ou através da redução dos impostos a pagar por ela. Além da obrigatoriedade da empresa optar pelo Lucro Real para a solicitação do incentivo fiscal, a sua aplicação está sujeita a região do país em que a empresa está instalada e a diversas outras condições precedentes.

Como tomar a melhor decisão?

A regra é clara, mas o cenário pra tomada de decisão é incerto. Neste momento, uma boa modelagem do negócio te coloca em um cenário mais seguro e mitiga o risco de escolhas equivocadas. Nós queremos te ajudar a tomar melhores decisões financeiras. Saiba mais aqui.

What is the role of a finance team in strategic decision making?

Com os diversos desafios que uma startup enfrenta, o financeiro geralmente é deixado em segundo plano devido aos empreendedores estarem focados na formação de uma boa equipe de sales e desenvolvedores, visando obter melhorias no produto e aumento das vendas. 
  
Mas o que um departamento financeiro de qualidade e bem estruturado pode trazer de benefícios? 
 
✅ #1 Otimização de agenda dos founders 
Um dos principais desafios dos líderes é otimizar a agenda para estarem focados no que gera valor para o negócio. 
 
Um departamento financeiro estruturado evita reuniões improdutivas e desperdício de tempo com retrabalho para validação das informações financeiras. 
 
✅ #2 Previsibilidade do fluxo de caixa 
A previsibilidade se torna importante para evitar surpresas indesejáveis no gerenciamento de fluxo de caixa e também para que os empreendedores planejem com antecedência qual a melhor estratégia para captação de recursos em um momento de dificuldade e/ou necessidade de capital para expansão. 
  
✅ #3 Correção de trajetória com agilidade  
Correções na estratégia são comuns e precisam ser feitas de forma ágil pelos líderes. Com uma equipe qualificada, é possível analisar de demonstrações financeiras e indicadores que possuem informações vitais para a tomada de decisão de forma rápida. 
 
✅ #4 Avaliação de novos produtos e projetos 
Normalmente as startups têm por característica pivotar linhas de negócio, sendo importante ter uma equipe qualificada para avaliar de forma célere a viabilidade ou não do projeto. 
 
✅ #5 Análise tributária e de benefícios fiscais 
Uma das principais análises de eficiência tributária a serem feitas é a escolha do regime de tributação – Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real. A escolha deve ser embasada pela projeção financeira de resultados e por uma análise de sensibilidade estressando os principais drivers da projeção. 
 
Além disso, o conhecimento e análise de benefícios fiscais pode ser muito importante para a redução da carga tributária, sendo que alguns incentivos são pensados diretamente para startups, como a Lei do Bem e Lei da Informática. 
  
✅ #6 Qualidade dos reports 
A assertividade de um report financeiro depende de: 
 
 Qualidade dos inputs: relacionado com a diligência e boas práticas nos lançamentos financeiros. 
 
➣ Rastreabilidade: todos os números devem ter base de dados confiável que permita formular justificativas que embasem as discussões. 
 
➣ Análise: mesmo com números confiáveis e rastreáveis, é necessário que o analista saiba separar quais dados são importantes e que efetivamente façam diferença na tomada de decisão. 
 
Com isso os empreendedores se sentem mais seguros ao tomarem decisões estratégicas para o negócio, visto que há clareza sobre a performance atual e embasamento para justificar planos futuros de crescimento. 
 
Além disso, relatórios periódicos e precisos aproximam os investidores do negócio, reforçando uma relação de confiança mútua. 
 
Crescento 
A gente valoriza o seu negócio.